Realizações‎ > ‎2014‎ > ‎

03



Ajude o Estado a servi-lo melhor: Morra cedo!

“Devia também ter-se empregado cedo e pago os seus impostos com assinalável regularidade. Cinquenta por cento dos seus ganhos deviam ter ido para o Estado, para que muito justamente este lhe tenha retribuído com pontes e estradas com portagens, guichets e repartições variadas, cujas serviram exactamente para nelas pagar os referidos impostos, os selos e as taxas recomendadas e exigidas pelas necessidades da Nação”


https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/RP_Cultural_16.jpg

ABC de Abril - Comemorações dos 40 anos do 25 de Abril 

"É com enorme tristeza que vejo, nestes dias conturbados, um Tribunal como principal defensor da nossa dignidade. À volta, uma maioria de políticos contra o seu próprio povo, defendendo inconfessáveis e obscuros interesses. 
Apesar das incomensuráveis conquistas e mudanças que transfiguraram Portugal, perguntamos hoje, passados tantos anos, o que está ainda por fazer. Melhor, o que fazer para preservar e desenvolver aquilo que construímos?"







https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/RPC_11.jpg

“Não há pachorra para o lirismo enamorado” 
Obrigado Orlando Ferreira Barros, pela tua saudável marginalidade. Bem que a dona Esperança de Jesus – grande elevação de trato – merece que a tua mão desobediente, quando “desatado o nó górdio do problema / roça o lápis Viarco / mordido na ponta e por afiar…”, escreva mais um poema.
Nota máxima!

https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/25abril_teatro.jpg?attredirects=0


https://docs.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/viewer?a=v&pid=sites&srcid=Y2VudHJvY3VsdHVyYWxkb2FsdG9taW5oby5vcmd8Y2NhbXxneDoxMGM2MzBmNTcyMGZmMjFh


https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/convite_25_abril.jpg

https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/IMG_9849019287137.jpeg?attredirects=0

https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Roda_P%C3%A9_15.jpg

TRIBUTO

“Ser-me-ia difícil esquecer Júlio de Lemos.

Penso que Viana e Ponte de Lima também terão razões poderosas para o recordar e elevar eternamente.
Por isso, quando há alguns meses dei uma vista de olhos no seu túmulo, não deixou de me causar alguma consternação que o seu nome tivesse desaparecido da lage que a cobria e sido substituído pelo de outro cidadão.
Não foi propriamente uma surpresa porque a Câmara Municipal tinha encetado um processo de substituição de detentores de sepulturas que evidenciassem abandono.
No decurso desse processo, observei um aviso de que se não se apresentasse nenhum familiar a reclamar a preservação dentro dum certo prazo, aquele espaço de repouso final mudaria de dono”



CONFERÊNCIA SOBRE O PARLAMENTO EUROPEU

Conforme previsto e organizado, promovida pelo Centro Cultural do Alto Minho, esta iniciativa teve lugar no passado dia 9, pelas 18.00 horas, no Salão Nobre do Sport Clube Vianense. Arnaldo Ribeiro...


SERIGRAFIA DOS 40 ANOS DO 25 DE ABRIL JÁ ESTÁ À VENDA
Um trabalho artístico da responsabilidade do pintor Vitor Barros, bem representativo do 25 de Abril e alusivo às comemorações dos 40 anos da Revolução. O autor apostou em cores fortes na composição de um pórtico por onde entra a liberdade, simbolizada por um cravo que chega de balão e por uma pomba branca, de ligação emblemática à data. Irá, com certeza, figurar como um marco artístico no âmbito das comemorações do dia da liberdade na nossa cidade. A Comissão Promotora das Comemorações, coordenada pelo CCAM, mandou produzir um número limitado de exemplares (75), que vão ser numeradas e assinadas pelo autor e estabeleceu um preço considerado popular e muito acessível para o público em geral, apenas 50,00 euros. As reservas podem ser feitas junto do Centro Cultural do Alto Minho, pelo telefone 258 824 819 ou por correio electrónico [email protected]



https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/25abril_noticia.jpg?attredirects=0


https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Nota_Aurora.jpg?attredirects=0

A exposição de Júlio Capela, organizada pelo Centro Cultural do Alto Minho e a Câmara Municipal, noticiada no jornal "A Aurora do Lima", no dia 03 de Abril, 2014.

https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Roda-P%C3%A9_9.jpg?attredirects=0

A ESCOLA E A SOCIEDADE
A escola vive com dificuldades acrescidas quando exige disciplina, estudo, educação e reflexão.

 

A corrupção e a ausência de cultura de prestação de contas

"Perante tantos e tão escandalosos casos de corrupção, ao não haver uma condenação exemplar sobre os prevaricadores, Portugal arrisca-se a manter o 33º lugar ou até mesmo a descer ainda mais no ranking internacional da transparência, sendo considerado como um dos países mais corruptos da Europa. Perante esta patologia social, que nos afecta negativamente, resta a cada cidadão não se conformar com este ´destino português´ como que de uma propensão cultural ou genética se tratasse, mas pelo contrário exigir um sistema de justiça mais eficaz, “ser sério militantemente” e juntar-se ao crescente movimento de cidadania na “censura social à corrupção”, tal como refere o professor e investigador Paulo Morais, vianense, que tem feito um excelente trabalho na denúncia 

desta epidemia nacional – a corrupção"



https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Cartaz_A3_Debate.jpg?attredirects=0


CANTA, CAMARADA, CANTA…

O meu pai regressou a casa era já noite, e eu lembro-me que já só tinha esperança no fio da sua voz, e lembro-me que então pusemos mais alto e mais livre o som do gira-discos e lembro-me que percebemos então, só então, que sim, que sim, que fora mesmo dessa vez, e que talvez, talvez a esperança fosse coisa digna de ser futuro e o temor fosse coisa só digna de ser passado.

A lembrança, essa, está hoje tão viva como nunca, e a voz do Zeca soa-me também tão viva como sempre esteve. Sempre:

Canta camarada canta

canta que ninguém te afronta



“O 25 de Abril de 1974: Um Dia Puro

Para o Fernando Canedo, 
um homem como o dia 25 de Abril: puro

Viver hoje em Portugal tornou-se no autêntico jogo infernal de quem desconhece as surpresas do futuro e não possui uma classe política e governamental honesta e sólida, que dê garantias de defender as populações mais carenciadas. Hoje, cada português apenas pode contar consigo próprio, sabendo que, por mais que trabalhe, caído entre oportunistas e carreiristas, extorquida pela máquina fiscal do Estado, nunca conseguirá atingir uma vida próspera”






https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Roda-P%C3%A9_10.jpg?attredirects=0

Les Immatériaux
“O pós-modernismo nunca foi quintal onde colhi frutos, e sobre as suas fragilidades tive oportunidade de debater numa sessão académica na Universidade de Santa Bárbara, Califórnia. Mas a exposição de Paris, em 1985, delimitava profundamente o mal-estar da sociedade dos anos oitenta, que vivia uma relação inquieta com os valores e a estética do seu tempo”





https://sites.google.com/a/centroculturaldoaltominho.org/ccam/actividades-realizadas/2014/Visita_Caridade.jpg

O Centro Cultural do Alto Minho, em parceria com o Centro Médico do Distrito de Viana do Castelo, vai realizar uma visita guiada à CONGREGAÇÃO DE N.ª SR.ª DA CARIDADE, sita na Rua dos Bombeiros, orientada pelo Dr. Francisco Carneiro. 
Esta iniciativa está programada para o dia 12 de Abril, das 10,00 à s 12,00 horas, com concentração à porta da Instituição.
Uma viagem cultural pelos espaços de uma das mais ricas e antigas (1779) instituições sociais da cidade.